Monica, da Oka Orgânicos

Série Quem são os produtores da Orgânicos in Box

Oka Orgânicos começou com o desejo da Monica, nossa produtora parceira, de montar uma hortinha em seu sítio, em Secretário, na região serrana do Rio. Para enriquecer o solo, começou também uma pequena criação de galinhas, que ajudavam a adubar a horta. Seu cultivo era apenas para consumo próprio, e o excedente, incluindo os ovos, era vendido para amigos e familiares.

Logo, o que era um hobby ganhou outras proporções. Os ovos começaram a ter mais procura, então Mônica decidiu investir em mais galinhas e na certificação orgânica, que recebeu por auditoria da ABIO. A parceria com a Orgânicos in Box começou pouco tempo depois, em 2019, e hoje os ovos do nosso mercado vêm de lá.

As galinhas, que antes eram as coadjuvantes do sítio, hoje são as protagonistas. A horta que Mônica começou lá atrás agora é exclusiva para a alimentação dos animais, que também comem ração orgânica específica para a espécie. As galinhas da Oka são livres para ciscar e ter sua própria rotina, e elas adoram folhas e banana! Com o plantio e a criação de galinhas, Mônica consegue manter uma produção autossustentável: os alimentos da horta são todos consumidos pelas galinhas, e o excremento dos animais aduba a terra, mantendo o solo sempre rico, renovado e fértil para seguir produzindo alimentos para elas.

É essa alimentação variada, livre e orgânica que faz dos ovos caipiras orgânicos únicos: seu formato, tamanho e coloração varia com a rotina alimentar e os hábitos da galinha. Por exemplo, quando aparece um ovo com a casca esverdeada, isso significa que a galinha que o produziu comeu muita couve ou espinafre, ricos em clorofila!

Galinhas da Monica, produtora de ovos da Orgânicos in Box

A falta de padrão dos ovos orgânicos é uma diferença fundamental entre eles e os ovos caipiras, de galinhas criadas soltas, mas sem certificação orgânica, e os ovos convencionais. As galinhas caipiras orgânicas recebem uma alimentação orgânica e natural, livre de transgênicos e agrotóxicos. Já as galinhas caipiras comuns recebem alimentação com pigmentação e outras substâncias, além de sementes transgênicas, o que resulta na padronização da coloração da gema e das cascas, que são sempre uniformes – e essas substâncias e pigmentos acabam sendo ingeridos por nós. Além disso, as galinhas orgânicas não recebem qualquer tipo de antibiótico ou tratamento indutor de crescimento. Elas recebem apenas a chamada vacina de entrada, obrigatória pela Anvisa, e, caso adoeçam, são tratadas com vermífugos naturais, homeopatia e florais. Outra diferença entre os ovos orgânicos e os outros é o preço. A ração orgânica, além de toda a dedicação à criação e bem-estar das galinhas, é muito custosa, chegando a um preço três vezes maior do que o das rações comuns, o que reflete no valor de mercado dos ovos.

Desde que a parceria com a Orgânicos in Box começou, a Oka aumentou consideravelmente sua produção de ovos para suprir a demanda de nossos clientes. Hoje sua criação, que começou com 40 animais, conta com 500 galinhas!

Por aqui, esperamos que essa parceria seja só o início de uma grande mudança de hábito na rotina alimentar de muitas pessoas. Consumir ovos orgânicos é mais saudável para nós e para o meio ambiente e promove uma vida muito mais digna e feliz para as galinhas poedeiras!

Para conhecer os ovos orgânicos da Oka, acesse nosso mercado.

Faça a sua assinatura Orgânicos in Box e receba produtos desse e de vários outros produtores

Produtos relacionados

Andar para Esquerda
Andar para Direita